Notícias

05 de Julho de 2019

FUNDEF participa de capacitação na área da reabilitação deficiência auditiva, em Lajeado

A capacitação foi destinada  a médicos, fonoaudiólogos,  psicólogos, enfermeiros, e operadores do Sistema Nacional de Regulação, Todos os profissionais envolvidos desde o agendamento até no tratamento de pacientes auditivos, de 37 municípios do Vale do Taquari.  O evento, promovido pela 16ª Coordenadoria Regional de Saúde, com apoio da FUNDEF e o Centro Especializado em Reabilitação Físico- auditivo de Encantado (CER Encantado), foi realizado na sexta-feira (05), no auditório da Prefeitura de Lajeado. 
Os temas abordados foram a saúde auditiva, intervenção precoce na perda auditiva, impacto dessa perda desde o nascimento até a velhice, fluxograma para avaliação e abordagem da perda auditiva na Rede de Atenção à Saúde (RAS). O presidente da FUNDEF, Alain Viegas Detobel ressaltou a relevância de encontros como esse de capacitação, em uma época de dificuldade financeira.  "Quando o dinheiro é escasso, com os poucos recursos que temos precisamos otimizar e fazer o bom uso dele. Isso é imprescindível.- 
A Otorrinolaringologista do CER, Giliane Gianisella, falou do teste da orelhinha, a importância da avaliação precoce, e quais os rumos a serem adotados quando a criança apresentar um problema de audição. A surdez é a causa mais comum das deficiências sensoriais, uma (1) cada 1000 crianças nascem com surdez grave, isso vai representar 10% da população geral.- 
Já o Otorrinolaringologista da FUNDEF, Thiago Carvalho, destacou a perda auditiva na fase adulta, quais os hospitais de referência e os encaminhamentos que devem ser feitos em caso de uso de dreno, cirurgia e próteses auditivas.